segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Porque o verbo se fez carne e habitou entre nós.......




A você e sua família desejo toda felicidade do mundo neste Natal. As nossas liguistas quero agradecer o esforço de cada uma e me comprometo em rezar por vocês,sabendo que nossa comunhão está alicerçada num Deus que é, por excelência, comunicador da Boa Nova. Que 2012 a Mãe Rainha possa continuar distribuindo suas bênçãos!!!!!

Ir. M. Jacinta

sábado, 10 de dezembro de 2011

Entrevista do Pe. Alexandre Awi ao site da Canção Nova.

Dogmas marianos: conheça as verdades de fé sobre Nossa Senhora




A Igreja possui uma série de verdades de fé, conhecidas como dogmas, em que os católicos devem crer. No total, são 44 dogmas subdivididos em 8 categorias diferentes - sobre Deus; sobre Jesus Cristo; sobre a criação do mundo; sobre o ser humano; sobre o Papa e a Igreja; sobre os sacramentos; sobre as últimas coisas; sobre Maria.

Segundo o doutorando em Mariologia pela Universidade Católica de Dayton (EUA) e membro do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt, Alexandre Awi de Mello, os dogmas na Igreja são verdades salvíficas. "Muitas vezes utiliza-se a palavra dogma como se fosse algo pesado, difícil, mas, na realidade, é uma grande bênção, um presente. São verdades da fé em que cremos e que a Igreja sente necessidade de esclarecer. São verdades que trazem salvação e mensagem de esperança", salienta.

Os dogmas marianos são alguns dos que levantam as discussões mais acaloradas. Eles são quatro:

- Maria, Mãe de Deus

Maria é verdadeiramente Mãe do Deus encarnado, Jesus Cristo. Já nos primeiros três séculos, os Padres da Igreja utilizaram as definições Mater Dei (em latim) ou Theotókos (em grego), que significam Mãe de Deus, tais como Inácio (107), Orígenes (254), Atanásio (330) e João Crisóstomo (400). Essa doutrina foi definida dogmaticamente pelo Terceiro Concílio Ecumênico, realizado em Éfeso, em 431.

"Jesus é plenamente homem e plenamente Deus. Maria foi Mãe deste Deus feito homem, que é Jesus; assim, Maria é Mãe de Deus. É uma realidade que dá fundamento a todas as outras. É uma verdade, em primeiro lugar, sobre Cristo, pois é preciso afirmar que Jesus é verdadeiramente Deus para que possamos falar que Maria é Mãe de Deus", explica padre Alexandre.

- Perpétua Virgindade de Maria

Ensina que Maria é virgem antes, durante e depois do parto. É o dogma mariano mais antigo das Igrejas Católica e Oriental Ortodoxa, afirmando a "real e perpétua virgindade mesmo no ato de dar à luz o Filho de Deus feito homem" (Catecismo da Igreja Católica, 499). Essa doutrina foi definida dogmaticamente pelo Concílio de Trento, em 1555, embora já fosse um dogma no cristianismo primitivo, como indicam escritos de São Justino Mártir e Orígenes.

"É uma crença que já está na sagrada Escritura e defende que Maria concebeu Jesus virginalmente, deu à luz virginalmente e assim permaneceu até o final da vida", ressalta padre Alexandre.

- Imaculada Conceição de Maria

Defende que a concepção de Maria foi realizada sem qualquer mancha de pecado original, no ventre da sua mãe. Dessa forma, ela foi preservada por Deus do pecado desde o primeiro momento da sua existência, como apontam as palavras do Anjo Gabriel - "sempre cheia de graça divina" - kecaritwmenh, em grego. Essa doutrina foi definida dogmaticamente pelo Papa Pio IX na Constituição Ineffabilis Deus, em 8 de dezembro de 1854.

A festa da Imaculada Conceição de Maria é celebrada em 8 de Dezembro, definida inicialmente em 1476 pelo Papa Sixto IV. Também neste caso, muitos escritos dos Padres da Igreja já defendiam a Imaculada Conceição de Maria, pois era adequado que a Mãe do Cristo estivesse completamente livre do pecado para gerar o Filho de Deus.

- Assunção de Maria

Indica que a Virgem Maria, ao fim de sua vida terrena, foi elevada em corpo e alma à glória dos céus. Essa doutrina foi definida dogmaticamente pelo Papa Pio XII na Constituição Munificentissimus Deus, em 1º de novembro de 1950.

"Depois de elevar a Deus muitas e reiteradas preces e de invocar a luz do Espírito da Verdade, para glória de Deus onipotente, que outorgou à Virgem Maria sua peculiar benevolência; para honra do seu Filho, Rei imortal dos séculos e vencedor do pecado e da morte; para aumentar a glória da mesma augusta Mãe e para gozo e alegria de toda a Igreja, com a autoridade de nosso Senhor Jesus Cristo, dos bem-aventurados apóstolos Pedro e Paulo e com a nossa, pronunciamos, declaramos e definimos ser dogma divinamente revelado que a Imaculada Mãe de Deus e sempre Virgem Maria, terminado o curso da sua vida terrena, foi assunta em corpo e alma à glória do céu", indica o Papa.

"É uma verdade em que a Igreja acredita desde os séculos 5 e 6, quando já havia uma celebração da então chamada Dormição de Maria", complementa padre Alexandre.



Confira a entrevista



noticias.cancaonova.com - Padre, o senhor afirmou que os dogmas são uma bênção para o católico viver a sua fé. Mas há quem questione que os dogmas são apenas uma construção da Igreja ao longo da história. Frente a isso, quais são os principais fundamentos (bíblia, tradição, magistério) a que a Igreja se reporta para proclamar um dogma?

Padre Alexandre Awi de Mello - Em primeiro lugar, o fundamento de toda a verdade é a própria Sagrada Escritura, que contém as verdades fundamentais da fé e de onde se podem deduzir os dogmas e verdades que a Igreja foi acreditando ao longo dos séculos. Quem acredita são os fiéis e o que o Magistério faz é declarar o que já está na fé do povo. São verdades que são vivas, em primeiro lugar, na fé e na crença do povo cristão. Não é uma invenção da Igreja, mas a explicitação daquilo em que o povo já crê. Os primeiros fundamentos estão na Sagrada Escritura, pois cremos que Deus prometeu o Seu Espírito para guiar a Igreja, que vai confirmando as verdades de fé à medida que se aprofunda o seu conteúdo.

Logo no início da Igreja, toda a atenção estava voltada para Cristo, mas, desde muito cedo, também se pergunta sobre de onde veio esse Cristo, o que faz parte do próprio pensamento semita de perguntar sobre a identidade de alguém indo a sua origem. Assim, despertou-se o interesse para se saber de onde Ele veio, onde nasceu, e quem é aquela de onde veio o Cristo. No Evangelho de Lucas há muitos elementos - inclusive ele mesmo poderia ter perguntado isso à Mãe de Deus. E isso foi sendo transmitido ao longo da tradição da Igreja, essas verdades que foram sendo descobertas a respeito de Maria.

A própria Sagrada Escritura tem muitos desses fundamentos: basta citar as Bodas de Caná (Jo 2), que indica o poder intercessor de Maria, a possibilidade que o próprio Jesus lhe dá de interceder pelo bem dos fiéis. No final do texto aparece a menção de que, logo após o milagre das Bodas de Caná, os discípulos creram nele. Esse é o único interesse da intercessão de Maria: que os discípulos creiam n'Ele, no Seu filho, para fazer a vontade d'Ele. Então, se as pessoas, de alguma maneira, desprezam essa possibilidade que Deus está dando, quem tem a perder são elas próprias.

Dentro do plano de Deus, essa verdade é para a nossa salvação e está assegurada pela tradição e pelos 2000 anos de história da Igreja, que experimenta essa intercessão, esse exemplo e presença de Maria conduzindo a Jesus. Não acolher este dom, que o próprio Jesus deu aos pés da Cruz (cf. Jo 19, 25-27), é justamente perder uma verdade salvífica, um dom de salvação que o próprio Deus nos oferece.

noticias.cancaonova.com - O senhor faz parte do Movimento Apostólico de Schoenstatt, que prima muito pela devoção mariana. Por que podemos afirmar que essa devoção não faz o cristão se aproximar menos de Jesus, mas, ao contrário, auxilia no caminho de encontro com Cristo?

Padre Alexandre
- Em primeiro lugar, pela própria experiência. Aqueles que conhecem pessoas que são verdadeiramente marianas, que têm um forte amor a Nossa Senhora, experimentam que o amor a Ela conduz mais fortemente ao coração de Jesus. Maria é aquela que ajuda a formar Cristo em nós, intercede junto a Deus e ao Espírito Santo para que se possa gerar, em nossa vida, a imagem de Jesus, nos fazer pequenos Jesus, como diz o fundador do nosso Movimento, o padre Joseph Kentenich.

Acreditamos que, quanto mais nos assemelhamos a Maria, mais temos condição de viver em união com Cristo. Essa é nossa experiência, como salienta São Luís Maria de Montfort - Maria é o caminho mais próximo, direto e imediato para encontrar-se com Jesus.

Na prática, quando as pessoas chegam à intimidade com Maria, não se dirigem a Ela por Ela mesma, mas para que possam chegar a Jesus. Pelo amor a Maria, pela vinculação a Ela, chegam a uma vinculação mais profunda e perfeita com Jesus. Porque imitar as atitudes e virtudes de Maria é fazer o que todo o cristão deve fazer, já que Ela foi pessoa mais próxima de Jesus, que mais aprendeu d'Ele.

Por outro lado, Jesus não quer um cristianismo cristomonista, exclusivo só para Ele. Na sua forma de atuar, Jesus sempre integra o número maior possível de pessoas, de mediadores, para chegar até Ele, que é Mediador com maiúscula por excelência. Por isso existem os sacramentos, os padres, a própria Igreja, Maria, os santos, e tantos outros mediadores com minúscula que conduzem ao Mediador com maiúscula, que é Jesus.

Essa é a forma de atuar de Deus, que quis agir na Sua Igreja e quer continuar atuando até hoje. Por isso, a vinculação a Maria leva a uma vinculação mais profunda com o próprio Cristo e com o Deus Trino.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

domingo, 27 de novembro de 2011



PARABÉNS!!!!!!!!!!


A comunidade de Oração Mariana Eucarística de Schoenstatt,
está comemorando neste mês de dezembro 20 anos....... Formada por leigos que assumem o compromisso de rezar nas grandes intenções da Igreja e do mundo, pela conversão dos pecadores, por todos os que sofrem: enfermos, idosos, presos, crianças abandonadas e tantos outros...
Quer fazer parte ?????? “exército orante” !

www.maeperegrina.org.br



A liga Apostolica Feminina de Schoenstatt parabeniza as Irmã Adoradoras pelos 20 anos de dedicação e orações......Intensas orações por todos os que pedem seja por carta, telefonemas, emails ou pessoalmente.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011




Estamos em um tempo forte litúrgico, o tempo do Advento, no qual a Igreja, nossa Mãe e Mestra, nos conduzirá através da liturgia a refletirmos e aprofundarmos neste grande mistério da Encarnação do filho de Deus. Portanto preparemo-nos para assim, fazer de nossos corações uma nova manjedoura para acolhermos o Menino Jesus.....

A LAFS está na contagem regressiva para o seu encontro de Carnaval....... liguistas se preparem para este encontro: com orações; participação ativa e com a vontade de servir. E você que irá pela primeira vez conhecer o nosso Ramo e o Santuário da MTA...... prepare-se para apaixonar-se .................... ESTAMOS TE ESPERANDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

secretarialafs@gmail.com

domingo, 13 de novembro de 2011




Palavra da assessora:


Com o sentimento de profunda gratidão, pelo Congresso dos 40 anos celebrado em Londrina, que sob o Olhar do Pai, que já se encontra em nosso meio, através do “Símbolo do Pai”, que peregrina pelo mundo, Rumo a celebração 2014, como podemos acompanhar pelo nosso site
www.maeperegrina.com.br

Não é um grande sinal da Divina Providência que o símbolo do Pai, nos vem visitar no jubileu de 40 anos de nosso Ramos no Brasil Tabor.
O Pai vem para nos encontrar e contemplar em cada Santuário. O Pai me vê, o Pai me ama e me aceita assim como sou.

Deus Pai, através deste símbolo vem ao encontro de suas filhas e o que ele vai encontrar? Cada filha com o coração filialmente aberto e receptivo para as graças que Ele trás. Principalmente a graça de um profundo abrigo em seu paternal e misericordioso coração de Pai.

Contemplemos as maravilhas operadas por Deus a partir do Santuário, nos 40 anos de missão no Brasil na vida de nosso Ramo! Sob o Olhar do Pai...Tabernáculo Vivo - Pai, a ti nossa gratidão!
Ir. M. Jacinta




Eiiiii tem recado para cada local participante do ultimo Congresso!!!!!!!!!!


BRASÓPOLIS – SP
Que a Mãe nos acompanhe e nos proteja neste ano jubilar, derramando muitas bênçãos de Deus e de nosso Pai Fundador. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo de nossas co-irmãs.

CURITIBA – PR
Que vocês tenham muitas conquistas espirituais. Parabéns pela fidelidade!

LIMEIRA – SP
Queridas irmãs vocês continuam no caminho, firmes no propósito, estamos rezando para o ressurgimento da LAFS consciente da missão, vinculada ao Santuário.

POÇOS DE CALDAS – MG
Chuvas de bênçãos jubilar a cada uma das linguistas e que floresça vocações para o nosso ramo.

JACAREZINHO – PR
Fortalecimento no grupo espiritualmente e em número, fidelidade a Aliança de Amor com a Mãe de Deus.

SANTO ANDRÉ – SP
Quanto maior o Amor e a Fidelidade a Mãe e ao Santuário, Maior será nossa abertura, para acolher o outro na sua diversidade de Carisma, e dons!

ATIBAIA – SP
Agradecimento ás liguistas de Atibaia e orações para que novas moças venham participar da Liga.

ITABIRA – MG
A partir da missão que você recebeu da MTA, você se torna uma pessoas escolhida e muito especial. A perseverança e fidelidade é essencial no decorrer de sua caminhada que apenas está no início e será árdua e longa. Lembre-se que a MTA estará sempre com você cuidando desta missão.

SANTA CRUZ DO SUL – RS
O aumento do numero de vocações, assim como ocorreu com as irmãs no início, que surgiram da Liga.

JARAGUÁ - SP
Parabenizamos pelos trabalhos realizados até esta data. Que a Mãe abençoe e que dê continuidade; que este trabalho cresça e aumente o numero de participantes e operários.

ARARAQUARA – SP
Rezar pela fidelidade e crescimento da LAFS e ramo das Mães.

SANTA MARIA – RS
Julieta e Odete - fundadoras das LAFS!
Obrigada pela fidelidade!

SÃO PAULO – SP
Agradeço à Mãe de Deus pelas liguistas; pela fidelidade e dedicação.
Ao Movimento e pelo SIM, estamos aqui reunidas hoje: Fidelidade por fidelidade! Coroa por coroa!


GUARAPUAVA – PR
Bênçãos especiais desse jubileu para a LAFS de Guarapuava. Que o amor de Maria esteja em todos os lares do Projeto.

RIO DE JANEIRO – RJ
A vida das linguistas cariocas enriquecem a história de Schoenstatt.

LONDRINA – PR
Parabéns pela fidelidade e por ter dado o primeiro passo.


JABOTICABAL - SP
Continuem engajadas e caminhando sempre.


SANTA BÁRBARA D’OESTE - SP
Parabéns pela ousadia de iniciar, gratidão pela perseverança e fidelidade criadora para o futuro.


JUNDIAÍ – SP
Que todas sejam fiéis à Aliança de Amor com nossa Mãe Rainha!


BRASÍLIA – DF
Continuem perseverantes, sendo ELOS que unam uns aos outros germinando e florescendo no frondoso ramo da LAFS.


CORNÉLIO PROCÓPIO – PR
Queremos oferecer a fidelidade, crescimento, perseverança e quantidade.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011


Hoje, dia 5 de novembro aconteceu no santuário da Permanente Presença um dia de formação para Liguistas de Brazópolis, para vivenciarmos a visita do Simbolo do Pai,
Chegaram pelas 9 horas, 15 liguistas, sendo 12 de Brázópolis e 3 de Paraisópolis.
As 11h houve santa missa e Aliança de Amor das primeiras integrantes do Ramo de Paraisópolis, ficando assim oficializado a fundação do Ramo nesta cidade.
Foi muito emocionante nossa vivencia no Santuário com o Simbolo do Pai, na hora de guada que realizamos num momento muti especial reservado para nos junto do simbolo. No final da tarde partimos com a certeza, o Pai me vê, o Pai me ama e Ele precisa de mim.


Liga apostólica Feminina de Schoesntatt de Brazóplis e Paraisópolis- diocese de Pouso Alegre MG










segunda-feira, 24 de outubro de 2011

VIAGEM À SCHOENSTATT


- Nos dias 01 e 04 de Abril de 2011, tive a graça de conhecer o Santuário Original em Schoenstatt, Alemanha. Tudo começou quando tive a oportunidade de ir a Portugal fazer uma parte do meu doutorado. Estando lá, acreditei que poderia realizar um sonho: conhecer a Alemanha e um lugar especial: Schoenstatt! Saindo de Portugal rumo a Dusseldorf , a uns 200 km de Schoenstatt. Passei um dia em Colônia para conhecer, em especial sua Catedral Gótica, imponente e maravilhosa.




Fui a Schoenstatt à tarde, de trem margeando o Rio Reno , um passeio fantástico recomendo a todos. Quando vi a primeira placa, meu coração disparou, mas me senti em casa novamente. Tinha muito medo de não encontrar o Santuário, ou não ser recebida, rezei muito e sempre senti a presença da Mãe a meu lado dizendo “Vai…” Chegando em Schoenstatt, fui atendida por um jovem simpático que me apresentou o Sr. Germano, que falava português. Ele morou muitos anos no Brasil, no Santuário de Santa Maria, Seu rosto nunca sairá de minha mente e de meu coração. Ele, de andar tranquilo e sorriso no rosto, me cumprimentaram e me recebeu tão bem, que senti nele o próprio Padre Kentenich me recebendo…
Foi muito gentil e me levou ao Santuário Original. Ao entrar, me senti como quando fiz minha Aliança de Amor... o coração pulsava intensamente, eu não quase não acreditava, mas estava ali!
Rezei pela Lafs do Brasil e do mundo todo e mais uma vez me senti acolhida nos braços do Pai e de nossa querida Mãe.
Estive onde Padre Kentenich celebrou sua ultima missa,a capela onde encontra o seu sarcófago na Igreja da Adoração, onde foi sua última missa. Conheci a casa PE. Kentenich, com toda a história do Movimento e com réplicas inclusive do local onde esteve preso. Fiquei aflita só de olhar o tamanho e espaço da sela... Com certeza Padre Kentenich foi um santo, para quem ainda tem dúvidas deve ir conhecer. Conheci também a Casa onde ele morou nos seus últimos 3 anos de vida. Foi uma vivência maravilhosa… Só tenho de agradecer a todos de Schoenstatt na Alemanha e a Deus e a querida Mãe e Rainha, por ter me concedido a oportunidade de lá estar.


Poliana - LAFS - Jaboticabal/SP

sábado, 15 de outubro de 2011



IRMÃS DE MARIA DE SCHOENSTATT E LIGUISTAS PARTICIPAM DO II CONGRESSO TEOLÓGICO INTERNACIONAL.


Texto e fotos: Lúcia Muniz



Em Salvador/BA, Irmãs de Maria de Schoenstatt e liguistas participaram, no período de 05 a 08 de outubro do II Congresso Teológico Internacional com a temática: Desafios e possibilidades da Família no limiar do Século XXI – 30 anos da Familiaris Consortio nos 50 anos da fundação da Universidade Católica de Salvador (UCSAL), que contou com a presença e abertura dos trabalhos, do Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger.
O evento foi uma ação conjunta da Arquidiocese de Salvador da Bahia, o Pontifício Instituto João Paulo II, a UCSAL e CNBB que reuniu leigos, religiosas, sacerdotes, consagradas, professores, doutores e investigadores para momentos de reflexão, análise sobre Família nas Ciências Humanas, aprofundo, em mesa redonda, os aspectos: Família no Brasil; Relações Familiares; Família e Sociedade no olhar de renomados professores, doutores e investigadores, com a participação do Prof. Dr. Dom João Carlos Petrini.
Para refletir sobre os 30 anos da Familiaris Consortio ouvimos brilhantes interlocuções dos vários bispos que estiveram presentes, como: Dom FilippoSantoro, Dom Paulo César Costa, Dom Jean Laffitte, Secretário do Pontifício Conselho para a Família e Dom Lívio Melina – Presidente e Professor do Pontifício Instituto João Paulo II para Estudos sobre Matrimônio e Família, sede central, Roma.
A síntese do Congresso e indicações para a Pastoral Familiar foram feitas por Dom Odilo Pedro Cardeal Scherer – Arcebispo de São Paulo.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

DIA 16/10 É DIA DE VISITARMOS A MTA!!!!!!!!!


Logo mais é 18 de outubro. Nesse dia celebramos 97 anos da primeira Aliança de Amor, no Santuário Original. A partir dali, começa a jorrar um mar de graças para a Igreja, para as famílias no mundo inteiro.


Por isso, em todo o mundo é um dia de festa! Vamos agradecer à Mãe e Rainha de Schoenstatt por todas as graças que ela nos presenteia.


segunda-feira, 3 de outubro de 2011


Ele está no meio de nós!



Na manhã de15 de setembro, levantamos com grande ansiedade, pois iríamos buscar o Símbolo de Deus Pai em Cornélio Procópio.
Nesse dia de grata memória, celebramos o 43º aniversário da morte do padre Kentenich ,onde ele teve seu regresso a casa do Pai e hoje visita Jacarezinho expressa através desse símbolo, trazendo para nós muitas bênçãos e graças.
Na van viemos em oração onde o Símbolo era passado de mãos em mãos. Chegamos no Colégio Cristo Rei, local onde o Padre Kentenich esteve por três vezes, subimos as escadarias, fizemos uma linda vivência e descerramos uma placa de agradecimento por suas visitas a Jacarezinho.
A noite no Santuário Tabor Fundamento de Schoenstatt no Brasil, recebemos lideranças das dioceses de Jacarezinho e Ourinhos com a Santa Missa solene para acolher o Símbolo do Pai e uma vivência. Logo após cada ramo fez um agradecimento à visita de nosso Pai Fundador em nosso meio.
Pela primeira vez as liguistas de Jacarezinho e Santa Cruz do Rio Pardo se encontram. Foi um momento único, como se estivéssemos através da visita desse Símbolo, recebendo o próprio Pai e Fundador em nosso meio. Que ele desperte em nós a fé, o entusiasmo e a perseverança para a nossa caminhada rumo a 2014.
Seja bem vindo Pai, ao Tabor Santuário Fundamento de Schoenstatt no Brasil. A Liga Feminina de Schoenstatt de Jacarezinho e Santa Cruz do Rio Pardo(SP) se alegra com a sua presença em nosso meio.





_________________________________________________________


ENCONTRO ANUAL DA LAFS/BA

Texto e fotos: Lúcia Muniz




A Liga Apostólica Feminina de Schoenstatt, Lafs/BA nasceu em 17/09/2004 em Santa Maria. Festejamos sete anos de caminhada, no último dia 17/09 com o nosso Encontro Anual que foi carinhosamente organizado pala nossa assessora Ir M. Onilce.
A sala da Lafs estava lindamente decorada e sob a mesa, velas acesa com botões de rosas vermelhas e a oração do Confio do nosso Pai Fundador, para cada uma das liguistas – Lúcia Muniz, Terezinha do Carmelo, Maria Virginia, Vilmarí, Anne. Após a oração inicial e a dinâmica de acolhimento, nossa assessora apresentou o tema escolhido para a reflexão do dia: sou filha de um único, grande e belo Amor!
Às 10 horas celebramos com o Pe Francisco, capelão do Santuário Matris Salvatoris, nossa caminhada como liguistas entregando e renovando o nosso SIM, como Filhas de Maria, Tabernáculo Vivo, guarda e portadora do tesouro no mundo.
No almoço partilhado risos, lembranças da caminhada, casos, ao lado dos saborosos pratos degustados.









__________________________________________________________





Saudação à primavera






"Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira."

Que belo legado! Quanta sabedoria nos deixou a nossa poetisa Cecília Meireles!



“Poderíamos nos contentar simplesmente com a contemplação da natureza, sensação agradável do Sol da manhã, canto de pássaros, noites amenas, mas não, queremos acordar a natureza das palavras, dar-lhes voz e brilho. Saudar a Primavera com imagens e emoções adormecidas no silêncio do Inverno. E com a Primavera abrem-se os livros, brotam da gavetas os poemas que hibernavam e os poetas podem enfim cantar.”
(Jurema Barreto de Souza)



“Há uma primavera em cada vida: é preciso cantá-la assim florida, pois se Deus nos deu voz, foi para cantar! E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada que seja a minha noite uma alvorada, que me saiba perder...para me encontrar....”
(Florbela Espanca)



Padre José Kentenich, nosso querido Pai e Fundador,
poeta e profeta de nossos tempos, nos diz:


Conhece a terra impregnada de alegria,
porque nela o sol não conhece ocaso:
onde os corações vivem tranquilos
na posse dos bens eternos:
onde o coração e a vontade sempre se deleitam
nos abundantes dons de Deus;
onde a vara mágica do amor
logo transforma toda a tristeza em alegria?!
Sim, eu conheço esta terra maravilhosa,
é o prado de sol no brilho do Tabor,
onde nossa Senhora Três Vezes Admirável
impera no meio de seus filhos prediletos
e retribui fielmente todos os dons de amor,
manifestando sua glória e infinda,
rica fecundidade:
é minha terra natal,
minha terra de Schoenstatt!




Feliz Primavera!

Que cada Liguista seja uma



”Primavera Sagrada”

domingo, 25 de setembro de 2011


Adriana – Nos fala do que foi selar a sua Aliança de Amor neste Congresso!




Neste 23 de julho de 2011, Londrina – Paraná, experimentei uma grande graça em minha vida. A sensação de estar ali naquele momento, onde os 40 anos de fundação da LAFS no Brasil, estava sendo comemorado, com a presença de duas liguistas fundadoras: Marina Zuleika e Ana Becker, duas mulheres que para nós são exemplo de fé à Aliança de Amor com a Mãe Rainha e com o Ramo da LAFS.
A presença do quatro da Mãe e Rainha, que foi coroado pelas liguistas no dia da fundação da LAFS no Brasil, trazido do Santuário de Santa Maria, foi muito forte diante de todas nós. O momento marcante foi à renovação da coroação pelas liguistas de 40 anos de Aliança, onde eu e Edna que éramos as mais novas aliadas, pois tínhamos selado nossa Aliança no dia anterior, pudemos segurar o quadro para que elas colocassem novamente a coroa sobre a fronte de nossa Mãe!
Essa mistura de fé e emoção diante de tantos olhares de carinho nos faz sermos ainda mais fiéis à nossa Aliança. Sabendo que estamos fortalecendo nossa fé e nos aproximando um pouco mais da Mãe, que nós protege e nos fortalece diante dos desafios da vida, não nos deixando acovardar diante do inimigo, mais sim, nos encorajando a rezar mais, a sermos sempre fiéis ao nosso compromisso.


Adriana Cristina Boer - LAFS - Jaboticabal/SP

domingo, 18 de setembro de 2011

A LAFS NA JORNADA MUNDIAL !!!!!!!







Posso descrever a JMJ em Madrid como algo impressionante, foi a primeira vez que participei de uma Jornada e não tinha idéia da dimensão deste evento. Estar no meio de jovens do mundo inteiro que expressavam a mesma fé nos olhos, nas músicas que cantavam o tempo todo, na alegria que mostravam em cada sorriso, tudo isso me fazia acreditar cada vez mais que é esse o Deus que me preenche.
Em todos os momentos Deus estava presente, era uma presença que se fazia no rosto do português, do italiano, do espanhol, do japonês, francês, alemão, etc, de todos que estavam ao meu lado, e que nas diversas línguas a única coisa que entendíamos era que ali existia a confiança naquele que veio para nos salvar, como disse uma amiga “Aqui é o verdadeiro Pentecostes!”
O grupo que fiquei não participou de muitas atividades da semana e acabamos não participando de nenhuma missa, então ainda não tínhamos comungado em Madrid. Eu era a única schoenstatiana do grupo e não poderia passar por Madrid sem ir a um Santuário. Pesquisei na internet e conversei com uma voluntária e consegui descobrir o caminho para o Santuário do centro. Fiz o convite para as cinco pessoas que convivi durante a JMJ e elas aceitaram ir comigo. Quando chegamos lá, foi como se estivesse chegado em casa, e a maior graça que tivemos foi poder participar e comungar na Santa Missa, que estava por começar.
Posso dizer a todos que passei muito mal com o fuso horário, com o calor e até com o banho (era muito frio), mas valeu à pena, pois consegui ver que nas dificuldades buscamos uma força que não vem de nós, mas tudo superamos por acreditar em Deus e por saber que temos uma Mãe que nos ama; vivendo o que aprendemos com o Pai Fundador a viver alegremente as dificuldades, tudo entregando em espírito de sacrifício.
Fica um convite para aquelas que ainda não participaram de uma JMJ, é uma experiência única que todas deveríamos fazer.

Mirella Marconato Di Bello
LAFS/Jaboticabal

domingo, 11 de setembro de 2011

CAMINHANDO EM ALIANÇA


Vocês se lembram que no último no. do UNILAFS, no tópico – Caminhando em Aliança – ficamos de dar algumas pistas para entender, na prática, o que significa uma cultura da Aliança.
Pois bem, lá vão elas:

a) É uma cultura marcada pelo selo do divino: tem uma raiz religiosa, integrando o divino à vida, vinculada a um lugar e a um Deus pessoal, de modo confiante, afetivo e co-responsável.

b) É uma cultura do amor, que serve à dignidade e plenitude da pessoa: faz possível a dinâmica do amor, por isso se fundamenta na liberdade, gerando vínculos de solidariedade e tendendo a uma plenitude que dá sentido.

c) É uma cultura que promove e privilegia a vivência e a partir dela integra todas as esferas do humano.

d) É uma cultura que conhece a pedagogia como caminho, permitindo a diversidade e a originalidade, abarcando todas as etapas e dimensões da vida humana.

e) É uma cultura que anuncia a família e o familiar como seu projeto social e cultural: suscita uma cultura da comunhão, do diálogo, do encontro; possibilitando ambientes familiares, com exercício da autoridade ao serviço da vida, fortalecendo as virtudes sociais e o respeito pela pessoa.

É uma cultura dos vínculos, destacando especialmente o vínculo às pessoas, aos lugares e às idéias. ( Congresso de Outubro de 2010)



Margarida Bailão - LAFS São Paulo/SP

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Visita do Símbolo do Pai à Liga Apostólica Feminina de Schoenstatt




Luciene Cremasco


O Pai veio nos visitar bem durante o nosso Encontro Anual da Lafs de Curitiba.

Quem mais poderíamos querer para nos falar de paternidade, filialidade, de Aliança de Amor?

Recebemos o Pai bem de manhazinha, estava frio, o frio de Curitiba, das mãos da Juventude Feminina e Masculina.

Por meio deste símbolo, a Trindade Santa nos abençoou e também a nossos símbolos que levamos de nossos Santuários-Lar. Ficamos por algum tempo, silenciosamente, agradecendo nossas alegrias, pedindo por nossas angústias, oferecendo nossos dons, ali no altar, sob o Símbolo do Pai.

Aprendemos que o olho, não é um fiscal, mas sim um Pai que nos ensina, que precisa de nós e que nos protege.

Saímos do Santuário e entregamos nossa visita aos cuidados do Instituto de Famílias. Na verdade a visita acabou, mas o Pai ficou conosco através dos nossos símbolos que voltando para casa estão igualmente abençoados.

O Encontro continuou à sombra do Santuário e mais tarde juntamente com toda a Família de Schoenstatt pudemos experimentar a completa identificação deste símbolo que veio à Curitiba nos presentear com o reforço dos vínculos que Schoenstatt nos oferece na caminhada cristã que empreendemos todos os dias e que se estende a nossa família, nossa paróquia, amigos, trabalho, estudo, enfim, em toda a nossa vida.


Mãe, Rainha, Vencedora, Três Vezes Admirável de Schoenstatt, Rogai por nós!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

10° Aniversário do Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt






No próximo dia 18 de Setembro teremos uma grande festa para comemorar o convite aceito pela MTA em se estabelecer em nossa cidade por meio do Santuário Morada da Alegria Vitoriosa. Nosso Santuário comemorará o jubileu de 10 anos. Convidamos de maneira especial toda LAFS e demais Ramos da Família de Schoenstatt para comemorar e agradecer as graças concedidas pelo Deus Trino por intercessão de nossa querida Mãe a todos que peregrinam neste Santuário. Será um dia inteiro de festejos finalizando com a solene celebração eucarística presidida pelo nosso bispo diocesano Dom Paulo Sérgio Machado. Organize sua Romaria e venha comemorar conosco!
Valéria Monteiro LAFS Araraquara

sexta-feira, 12 de agosto de 2011





Beato João Paulo ll,
Patrono da Jornada Mundial da Juventude rogai por nós!




Chegou a hora! O Papa Bento XVI se reunirá com jovens em Madri, na Espanha, e certamente ficremos impressionados com o que veremos.
O mundo ainda não encontrou respostas para perguntas do tipo: Como pode o Papa reunir e inflamar de Deus tantos jovens?

Porque ainda não se deram conta que a força que move e sustenta a Igreja, que impele e atrai os jovens é o Espírito Santo. É Ele “ O Paráclito” que faz da Igreja sempre viva e atual.

Viver a JMJ é mostrar para aqueles que acham que a Igreja está perdendo força, literalmente o contrário. Mais de 10 mil brasileiros inscritos, mais de 60 Bispos....4 liguistas de Schoenstatt.
Para as liguistas que ficaram, sintam-se representadas por elas, acompanhe através de suas orações. Porque tudo isso é graça de Deus.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

'



Mês das Vocações




Agosto, mês das Vocações. Assim, nada melhor que falar de São João Maria Vianney. Desde a infância, manifestava uma forte inclinação à oração e grande amor ao recolhimento.

São João Maria Vianney através do seu exemplo de vida nos ensina a persistir na oração. O campo de ação ao qual foi enviado como Pastor era o mais ingrato possível, Ars era um lugar sem religião. Desde a manhã à noite, ficava de joelhos diante do altar do Santíssimo Sacramento. Assim, mais que motivarmos a rezar......São João Maria Vianney era um Padre de oração.

Entretanto, o Senhor não engana ninguém, aquele que reza não estará livre dos desafios. Olha! E eles virão. “Aquele que quiser me seguir tome sua cruz”, mas os desafios serão sempre enfrentados na presença do Senhor.

Seja qual desafio que você esteje passando o Senhor na sua intimidade de oração, estará com você, é promessa Dele “eis que estarei convosco até o fim dos tempos”. Então persista desde já, na oração.

_________________________________________________




As Irmãs de Maria de Schoenstatt na sua mensagem da Aliança de Amor , nos convida colocarmos a caminho de Madri, na Espanha, acompanhando com nossas orações os jovens que participarão da XXVI Jornada Mundial da Junventude, suplicando ao Senhor que desperte em seus corações um ardente amor a Cristo e o desejo de uma vida de santidade consagrada a Deus no sacerdócio ou na vida consagrada.

terça-feira, 26 de julho de 2011


Congresso Inter – Regional da Liga Apostolica Feminina Schoenstatt




Maria, recebe esta oferenda em tuas mãos fiéis de Mãe, para que, até o fim da vida, não cesse este hino de gratidão.
Desejo-lhe que este Congresso seja para você e todo o Ramo um novo e grande impulso para levar à Igreja e à sociedade o novo tipo de mulher que Schoenstatt quer formar, a mulher nobre, forte e pura, um reflexo de nossa Mãe Três Vezes Admirável.
Assim, estaremos presenteando, de santuário à Santuário, em todo o mundo, uma fecundidade ilimitada.

Ir. M. Jacinta

Londrina, Julho 2011































































MAIS NOTÍCIAS